Mídia e Ecologia.com

Seguindo em Frente, Preservando o Meio Ambiente!

Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Aqui está outra crônica do livro O Mundo é Bárbaro de Luís Fernando Veríssimo (leia a Crônica: Inquilinos), onde o autor comenta sobre um tigre encontrado congelado que é foco de vários cientistas curiosos em saber o que um tigre estava fazendo num local como aquele, nisso Luís lembra que o tigre podia ser suicida, pois sabia do aquecimento global e o efeito estufa. Tantos países contribuem com o fim do mundo, que daqui à alguns milhares de anos (se o planeta sobreviver até lá) descobrirão um homem do século XXI e os descobridores vão ficar tão curiosos quanto os cientistas do nosso tempo.
Adoro Luís Fernando Veríssimo por isso, discutir um problema num tom leve e humorístico de conversa.






















CLIQUE NAS IMAGENS PARA
AMPLIAR (E PODER LER).





Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Hoje é o dia da Hora do Planeta. Onde devemos apagar as luzes e fazer o planeta descansar.
Entre as 20:30 e 21:00 desligue todas as luzes de sua casa para fazer o planeta descansar. Para quem não sabe, desde quarta deixei o gadget da contagem regressiva no blog, vá até o final do blog para ver.
E como estou sem tempo para escrever mais, leiam trechos de contribuições de outros sites:

" A Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour, é uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas.
No sábado, dia 27 de março de 2010, às 20h30, pessoas, empresas, comunidades e governo são convidados a apagar suas luzes pelo período de uma hora para mostrar seu apoio ao combate ao aquecimento global.
Em 2009, milhões de brasileiros apagaram as suas luzes e mostraram que sua preocupação com o aquecimento global. No total 113 cidades brasileiras, incluindo 13 capitais, participaram da Hora do Planeta 2009. Ícones como o Cristo Redentor, a Ponte Estaiada, o Congresso Nacional e o Teatro Amazonas ficaram no escuro por sessenta minutos. " - WWF Brasil.

" A Hora do Planeta é um movimento anti-aquecimento global da ONG WWF para mobilizar a sociedade em torno da luta contra o aquecimento global, realizada desde 2007. Em um período de 60 minutos (correspondente a 1 hora) do último sábado de março de cada ano, governos, empresas e a população de todo o mundo foram convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.
No primeiro ano, apenas a cidade de Sydney (Austrália) participou. Já em 2008, o movimento contou com a participação de 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países. Simultaneamente apagaram-se as luzes do Coliseu, em Roma, da ponte Golden Gate, em São Francisco e da Opera House, em Sidney, entre outros ícones mundiais. Já em 2009, foram 3922 cidades em 88 países do globo.
A primeira edição do movimento ocorreu em 31 de Março de 2007 , das 19:30 as 20:30 do horário local, e apenas a cidade de Sydney, na Austrália, participou deixando por uma hora as luzes apagadas.
Redução do uso de eletricidade
De acordo com a EnergyAustralia, uma empresa de eletricidade local, o consumo de electricidade durante o evento de 2007 em Sydney foi 2% inferior durante as horas do que poderia ser esperado dado o tempo, condições meteorológicas e passado padrões de consumo de quatro anos. O Herald Sun comparou essa quantidade como "tendo 48,613 carros a menos na estrada por 1 hora". Vários críticos, sendo o mais notável o colunista Andrew Bolt falou do evento como "um corte pequeno é trivial - igual ao tendo seis automóveis desligados por um ano". No contexto, os seis carros equivale a existência de seis menos carros na estrada em qualquer ponto determinado de tempo (de dia ou de noite). Em resposta a esta crítica, os organizadores do evento contaram que "se a redução do efeito estufa alcançada no centro da cidade de Sydney durante uma hora for sustentada por um ano, seria equivalente a desligar 48.616 carros por um ano" e eles também observam que o maior objetivo da Earth Hour é criar consciência dos problemas da mudança do clima e "expressar essa ação individual em uma escala maciça pode ajudar a mudar nosso planeta para melhor."e não sobre as reduções no uso da energia durante a hora do evento.
Em 2010 a campanha pretende alcançar uma participação global de mais de 1 bilhão de pessoas, no seu dia de realização, 27 de março, às 20h30 do fuso-horário de cada país. No Brasil, já está confirmada a adesão do Rio de Janeiro, além do Cristo Redentor e da Praia de Copacabana, que tiveram suas luzes apagadas em 2009, a Prefeitura da cidade vai desligar os refletores do Arpoador e da Igreja Nossa Senhora da Penha. Também estão confirmadas as participações do morro do Pão de Açúcar, da Fundação Oswaldo Cruz e do Jockey Club Brasileiro. " - Wikipédia.

Agora assistam o video da Hora do Planeta Brasil:



Para maiores informações visite http://www.horadoplaneta.org.br/ e siga http://twitter.com/HoradoPlaneta !!!




Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Depois de uma semana, eu posto os oito últimos episódios da 2ª temporada de Tonin. Se você curtiram os primeiros, vão adorar estes, que têm mais suspense! Se não viu os primeiros então acesse A 2ª Temporada da Saga de Tonin.
E agora... Se divirtam com Tonin...





















NÃO PERCAM NOS PRÓXIMOS MESES A 3ª TEMPORADA DE TONIN. Ela ainda nem estreou no Charges.com.br, mas quando terminar postarei todos os capítulos da 3ª Temporada de Tonin.
P.S.: Façam comentários sobre o post, se gostou se acha que não conicide ao tema do blog, elogios... Ou qualquer outra coisa (digo isso pois não vejo um comentário no meu blog faz meses)!




Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Fato que aconteceu na ECO-92 e surpreendeu o mundo (mas não gerou resultados) foi uma menina de 13 anos discursar feito (ou melhor que) um adulto!
A ECO-92 foi a " Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD), realizada entre 3 e 14 de junho de 1992 no Rio de Janeiro. O seu objetivo principal era buscar meios de conciliar o desenvolvimento sócio-econômico com a conservação e proteção dos ecossistemas da Terra." - Wikipédia.
Países do mundo todo (ou quase) compareceram nesta conferência, que foi marcante por dois motivos: ela foi realizada no Rio de Janeiro, aqui no Brasil; Sevem Suzuki, uma menina de 13 anos, fazer um discurso sobre a maneira que os adultos governantes (presidentes, primeiros ministros, etc) cuidam do planeta. Falando que as crianças tem uma consciência ecológica mais forte que a dos adultos.
Ela está perfeitamente certa nisso, pois os governantes (principalmente os brasileiros) preferem cuidar de como ser eleito para poder mandar em todos. A maioria não tem o menor sentimento ecológico.
Bem, foi essa minha opnião. Agora assistam o discurso feito pela menina e deem suas opinões (de preferência no espaço de comentários):







OBS: Leiam mais um pouco sobre a ECO-92 no Ambiente Brasil.
P.S.: Eu gosto quando posso botar videos legendados aqui no blog, pois brasileiro entende e estadunidense, inglês e várias outras nacionalidades também.




Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Gostaram do novo template do blog? Agora ele ficou melhor e "mais limpo" graças à Eduardo Henrique, que me ajudou bastante (no design do template e no novo slogan do blog que aparece logo abaixo do menu com a marca do blog ao lado) , além das várias dicas do site Dicas Para Blogs. Quem constatemente visita este blog sabe que já faz alguns dias que venho reformando o blog, pois acrencentei a barra de ferramentas da Wibiya, mudei o menu do blog, etc. Quem não visita tanto o blog, agora tem mais motivos para visitar! Com mais interatividade tecnológica este blog promete muito!
Agora além da parte "Jogos" da página Mais (IN)Utilidades, a barra de ferramentas tem um opicional de jogos também! Tente agora, clique na parte Jogos dela e se diverta com diversos games online!

Também tema estreia do Twitter do blog! Acesse "Twitter" no menu do blog (agora logo abaixo do cabeçalho - nome do blog) e saiba mais!
Eu tive alguns contratempos para organizar isso tudo, mas agora já está (quase) tudo bem.
E Eduardo me disse que este blog é melhor visualizado no Mozilla Firefox (apesar de eu usar a Internet Explorer e ter resultaldo muitos bons na visualização deste blog), então clique no botão abaixo para baixar o navegador Firefox versão 3.6 e divertam-se:


P.S.: Os blogs Eduardo Henrique e Dicas Para Blogs já estão em "Blogs Maneiros" na barra lateral.
ATUALIZAÇÃO 22/3/2010:
Recomendamos que para bom desempenho (quer dizer, não demore de carregar...) desse e outros sites (e do computador, é claro!) seu antirvírus seja bom e esteja atualizado. Um dos melhores antivírus gratuitos (para quem quer o melhor e não quer pagar para isso) é o Avast" Free Antivírus, muito bom e potente detecta a maioria dos vírus que seu computador tenha. Clique no botão abaixo para instalar o Avast! Free Antivírus:



Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

E para descansar no final de semana, divertam-se com Tonin!
Há alguns meses eu postei todos os episódios da 1ª Temporada de Tonin aqui no blog (se quiser assistir acesse Tonin 1ª Parte e Tonin 2ª Parte), pois achei muito interessante a ideia de Mauricio Ricardo, criador do site Charges.com.br, fazer um animê brasileiro.
Agora a continuação da Saga de Tonin (que eu achei melhor que a 1ª temporada) nas 8 primeiras partes:




















Não perca os últimos episódios da 2ª temporada de Tonin! Semana que vem, em ordem cronológica, você só vê em Mídia e Ecologia.com!




Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Li um livro muito bom, ele se chama O Mundo é Bárbaro, escrito pelo famoso escritor brasileiro Luís Fernando Veríssimo. No livro consta várias crônicas de reflexão sobre política, guerras e meio ambiente, refletindo sobre o que nós temos a ver com isso.
Gostei tanto do livro que quero compartilhar com você algumas crônicas reflexivas e humorísticas.

Hoje leia sobre a crônica que eu mais gostei. Leve, engraçada e reflexiva, ela pode até a ajudar a você reformular o seu conceito de "ecologista" (isso se você for um ou conhece algum).
Devemos sempre cuidar da nossa casa e pagar a quantia necessária para que ela fique sempre bonitinha, decorada e arrumada.




















CLIQUE NAS IMAGENS PARA
AMPLIAR (E PODER LER).

P.S.: Compre o livro O Mundo é Bárbaro na Saraiva.com.br ou na Livraria Cultura, para ler as outras crônicas.



Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Monk é um seriado policial engraçado e dramático, onde o detetive Monk sofre de Transtorno Obessesivo-Compulsivo, por isso saiu da policia e virou um consultor particular que o capitão Stottlemeyer sempre chama. Monk sempre teve o TOC, mas quando perdeu a esposa, Trudy, piorou. Nem conseguiu sair de casa por 2 anos! Com medo de praticamente tudo, Monk trabalha com Natalie (a partir da 3ª temporada) a sua babá e assistente pessoal.
Monk tem várias fobias,e entre elas o medo de germes é a mais prejudicial à natureza. Ele sempreusa vários “lencinhos” para segurar, pegar, empurrar e (claro) para limpar as mãos. São lenços descartaveis que após o uso deve-se jogar for a, por isso ele contribui com o excesso de lixo no planeta. Ele também tem outras fobias nada ecológicas, como a da perfeiçcão, que no episódio Monk Sobre Rodas ele corta as pontas das panquecas que faz, fazendo elas virarem quadradas e por isso desperdiçando comida, quando poderia dar a outras pessoas mais necessitadas.
E no episódio Monk e o Milagre quando Natalie pega uma colher de concha para provar (e misturar) uma sopa que tinha feito, Monk toma a colher dela e joga fora! Apesar de depois um mendigo ficar com a colher para si (para entender o que um mendigo estava fazendo na casa de Monk só assistindo o episódio) Monk é um seriado que mostra uma realidade entre vitimas dessa doença. O Transtorno Obessesivo-Compulsivo faz as pessoas desperdiçarem muito, e o mínimo que podia se fazer era ter lenços não-descartáveis e arranjar um psiquiatra para ajudar na cura do TOC (é claro que a cura pode levar décadas para se realizar ou o paciente pode morrer sem ser curado).
Por isso não estou dizendo que este seriado é ruim, pelo contrário ele é ótimo, genial e hilário (eu mesmo sou fã e não perco um episódio), só estou fazendo uma reflexão para este caso em particular.


ACESSE:
PARA MAIORES
INFORMAÇÕES
SOBRE MONK



Pensado e Desenvolvido por Danil BR 6 Comentários

Adoro quadrinhos, em tirinhas, em revistas, ou até mesmo em livros. Muito divertidos, e a preferência da garotada, adultos também lêem. Alguns são colecionadores, outros lêem e trocam com outras pessoas, e tem até aqueles que compram para os filhos e dão uma espiadinha. O negócio é que quadrinho,ou HQ, não é exclusividade da criançada, como uns e outros que só lêem mangá (principalmente adolescentes) dizem que “não têm mais idade pra isso”. Pra mim não existe idade para se divertir (tá certo que ver um adulto andando de velocípede ou tomando mamadeira é ridículo) e nunca devemos ser igual à ninguém, eu sou eu e você é você.
Mas, cortando o papo furado, revistas em quadrinhos também poluem, pois nelas é usado papel, energia, materiais artísticos e muita criatividade (não que isto polua) para se produzir uma HQ, além dos caminhões de entrega.
Eu não quero persuadir ninguém à parar de comprar, ou simplesmente, não comprar nenhuma revista, apenas conscientizar do lado ruim dos gibis. Quer dizer, nunca vi (ou li) nenhum gibi feito de papel reciclado, apesar de muitos falarem que papel de madeira reflorestada é melhor (mas isso já é outra conversa...).
Quero apenas que reflitam e façam pequenas ações que ajudarão muita gente, assim como não jogar sua revista velha fora, doe para uma biblioteca, creche ou orfanato, ou venda ela para um sebo (loja de venda de revistas e livros usados), e empreste a sua revista à maioria de pessoas que conhecem, e querem ler-la, para que eles não precisem comprar uma edição igual.
E para complementar este post, leia abaixo outras dicas de se tornar um colecionador (ou leitor) ecologicamente certo que encontrei numa coluna do Universo HQ:

1) Se puder, vá comprar quadrinhos a pé, de bicicleta, de skate, de transporte coletivo, sei lá. Mas deixe o carro na garagem se não for realmente necessário. Toda energia que você poupar, ajuda.

2) Leve uma sacola retornável quando for à banca, à livraria ou à sebo. Todo ano, são distribuídas no mundo todo entre 500 bilhões e um trilhão de sacolas plásticas. Cada uma delas leva em torno de 400 anos pra se decompor. Se você compra quadrinhos uma vez por semana, vai poupar 52 sacos plásticos por ano. Parece pouco, mas se cada habitante do planeta deixar de usar uma sacola por semana, são 321 bilhões de sacolas a menos.

3) Estimule outras pessoas a mudar os hábitos. Se você tem um sebo ou é amigo do dono, pode até ganhar dinheiro produzindo as sacolas retornáveis. Use algodão como tecido, de preferência orgânico, porque o algodão convencional tem uma produção bem custosa pro meio ambiente. Faça uma ilustração bacana. Se quiser incrementar mais, lembre-se de que muito fã de HQ gosta de desenhar e crie um concurso pra escolher as estampas das sacolas. Pronto: com sacolas bacanas, você tem mais uma fonte de receita pra gibiteria.

4) Não guarde as revistas em sacos plásticos. Isso não é bom pra ninguém, porque, a longo prazo, os saquinhos se tornam colônias de fungos que amarelam e destroem o papel. Na verdade, não é a primeira vez que escrevo isso. Só que o mito de que o plástico protege as HQs é um dos mais arraigados na cultura dos quadrinhos. Pena: além de espalhar mais plástico pelo mundo, a longo prazo, esse costume só colabora com a degradação das HQs.

5) Não compre revistas novas. Essa é dureza, não? O problema é que, pra produzir uma tonelada de papel, são derrubadas duas toneladas de árvores. Depois de derrubá-las, a produção do papel e o processo de impressão jogam no ambiente substâncias químicas tóxicas e dispendem quantidades monumentais de energia. Para piorar, distribuir as revistas cria toda uma cadeia de gastos com combustível, transporte...

6) Se vai comprar revistas novas, compre menos. Selecione melhor o que vai levar. Além de tudo, você vai poupar uma graninha.

7) Já existe uma grande indústria de reciclagens de HQ diluídas por todo o Brasil. São os sebos. Afinal, eles vendem revistas e livros usados, que já foram lidos por alguém e que, em vez de irem pro lixo, ganharam a oportunidade de encontrar novos leitores, a preços baixos. Para quem gosta de ler no papel, é uma maravilha, até porque você pode trocar quadrinhos e ler mais HQs pelo mesmo dinheiro.

8) Se puder, depois de ler a HQ, repasse para seus amigos. Assim, mais gente aproveita o mesmo material. Faça uma gibiteca no seu condomínio, na sua cidade, na sua escola. Ok, vamos ser francos: isso não vai acontecer. Mas você pode repassar adiante pelo menos aqueles quadrinhos que não vai ler nunca mais, ou armar um esquema para emprestar e ler emprestadas as HQs que não tem certeza de querer comprar. Assim, tudo mundo lê mais e consome menos recursos.

9) Leia HQs na internet. A web não derruba árvores, não precisa de caminhão pra transportar e não gera encalhe. Claro que computadores também geram gastos e, pior ainda, lixo eletrônico, que é altamente poluente e envolve até metais pesados. Mas você já tem um computador, certo? Pra melhorar o cenário, boa parte da energia elétrica do Brasil vem de matriz hidrelétrica: não polui, portanto.

10) Na internet tem quadrinhos digitais gratuitos e tem pirataria. Pois bem: prefira os digitais. Isso porque os scans foram impressos, mesmo que seu exemplar não tenha sido. Até as editoras começarem a lançar edições digitais como opção padrão, os custos ambientais do processo gráfico vão continuar existindo.

Vê se consegue seguir umas quatro dicas no mínimo, pois nem eu sigo todas estas dez dicas, mas convenhamos que se cada cidadão economizar uns 3 litros d’água, a cidade economizará uns bons milhares litros de água. E isso também serve para os livros e revistas. Não quer mais uma revista velha? Doe-a. Já ta num estado de fim do mundo? Parecendo que seu cachorro mastigou-a? Então mande pra reciclagem! Você já estará contribuindo para grandes quantidades de papel não ficarem entulhados no lixo.



APROVEITE

E ACESSE















PARA NOTÍCIAS
E NOVIDADES SOBRE
QUADRINHOS!



Pensado e Desenvolvido por Danil BR Deixe seu comentário

Desculpem à todos por não ter mais atualizado o blog, é que estava sem tempo e depois fiquei com uma preguiça... Mas voltei e não postarei diariamnete como antes, só uns dois posts na semana (no mínimo). Por isso também estou contratando alguns autores.
E agora também irei fazer algumas mudanças. O blog não será mas aquela mistureba de antes, só terá posts que sejam sobre ecologia ou meio-ambiente, sem quadrinhos ou indicações de filmes que não tenham relação com o gênero ambiental.
Coloquei uma nova enquete para poder melhorar o site na barra lateral.
E qualquer dúvida, sugestão ou reclamação use o espaço de comentários para eu poder esclarecer. Ou então mande uma mensagem para mim pela seção Contato.





Este blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.
Creative Commons License
É permitida a cópia parcial dos artigos do Mídia e Ecologia.com, mas não completa, contanto que os devidos créditos sejam dados ao autor.



Ajude o dono deste blog e clique no banner acima, nem dói!

Se Você Localizar Alguma Dessas Pessoas Entre em Contato

Acesse Outros Links:

Top Blog 2010

Ainda não foi desta vez que o Mídia e Ecologia.com venceu, mas pelo menos ele ficou entre os 100 finalistas. Agora é só torcer para que em 2011 isso mude!